Tecnologia e Games

Venda de tablets deve cair em 2014

Em 2013, o crescimento foi de 55%

Venda de tablets deve cair em 2014

O número de vendas de tablets deve crescer menos do que o esperado em 2014. Segundo estimativas da Gartner, especialista em pesquisas da área de tecnologia, o mercado deve vender no ano 229 milhões de unidades, um aumento de 11% em relação ao ano passado. Em 2013, o crescimento foi de 55%.

Segundo a empresa, a queda no número de vendas acontece por conta do aumento da vida útil dos novos dispositivos, que agora chega a três anos. Para 2018, a previsão é de uma diminuição de 90 milhões de compradores e 155 milhões de unidades. Outra razão é o fato de que muitos usuários estão substituindo tablets por dispositivos híbridos dois em um. A categoria deve crescer de 22% para 32% em quatro anos.

Em 2014 a área de dispositivos móveis (tablets, PCs, ultramobiles e smartphones) deve vender 2,4 bilhões de unidades, um crescimento de 3,2% em relação ao ano anterior. A liderança nas vendas é dos smartphones, especificamente o Android. Neste ano, devem ser vendidos cerca de 1,2 bilhão de unidades – o que representa 51% do mercado total. E o número deve aumentar em breve: de acordo com a Gartner, até 2018 os smartphones representarão 90% do mercado de celulares.

O mercado de PCs continua em declínio. Em 2014, o número de vendas não deve atingir a estimativa de 276 milhões de unidades. O valor, aliás, já é inferior ao ano passado, quando foram vendidas 296 milhões de unidades.

Olhar Digital

Comentários