Tecnologia e Games

Sony vai gastar US$ 15 milhões para consertar estragos do ciberataque

Só algumas informações foram reveladas

Sony vai gastar US$ 15 milhões para consertar estragos do ciberataque

A Sony separou US$ 15 milhões para "investigações e custos de reparação" a respeito dos ataques virtuais sofridos no ano passado. A companhia pretendia divulgar seus últimos resultados financeiros nesta quarta-feira, 4, mas teve de se reorganizar por causa desses problemas, então só algumas informações foram reveladas.

Embora tenha sido obrigada a destacar essa quantia para reparação, a Sony Pictures, uma das áreas mais afetadas, ainda conseguiu lucrar US$ 20,4 milhões no último trimestre, conforme relata o Verge. Isso contando que a subsidiária projetava uma queda de 11,7% nas receitas.

A Sony estima ter conseguido um lucro líquido de US$ 756 milhões entre outubro e dezembro, uma alta de 238% em relação ao mesmo período no ano anterior. Para o lucro operacional, espera US$ 1,51 bilhão, com uma alta de 6% na receita, que deve chegar a US$ 21,7 bilhões.

As estimativas para o fim do ano fiscal, que chega em março, foram revisadas com um pouco de otimismo - apesar de a Sony manter a previsão de perdas. Até março de 2016, 2,1 mil empregados da divisão Xperia serão demitidos, sendo que antes a empresa havia dito que os cortes seriam de 1 mil pessoas.

As divisões que estão levantando o barco são as de telas 4K, que elevou as vendas de TVs por três meses seguidos pela primeira vez em mais de dez anos; e a de jogos, principalmente graças aos bons resultados do PlayStation 4.

Olhar Digital

Comentários