Tecnologia e Games

Nova York vai trocar orelhões por pontos de acesso Wi-Fi

Prefeitura vai instalar 7,5 mil pontos de acesso no início de 2016

Nova York vai trocar orelhões por pontos de acesso Wi-Fi

A cidade de Nova York começou a trocar, no final de 2015, os telefones públicos por pontos de acesso Wi-Fi. Pelo menos 7,5 mil pontos de acesso começarão a funcionar nos primeiros meses de 2016, com a promessa de espalhar conexão de internet de alta velocidade por toda a cidade.

Os equipamentos que vão irradiar o sinal de internet a velocidade de 1 gigabit por segundo (Gbps) também incluem telefone para ligar para qualquer número nos Estados Unidos de graça, além de tomadas para carregar smartphones e tablets. O projeto tem o objetivo de democratizar o acesso à internet ao mesmo tempo em que a cidade moderniza sua infraestrutura de orelhões. Por enquanto, o primeiro ponto de acesso Wi-Fi ainda está em período de testes.

Um consórcio de empresas, que inclui a fabricante de processadores Qualcomm, vai investir cerca de US$ 200 milhões para instalar os pontos e ficará com metade da receita com publicidade – a outra parte fica com a prefeitura. O valor total deve alcançar US$ 1 bilhão nos próximos 12 anos.

Obsoletos. Os orelhões parecem uma relíquia em um momento em que 68% dos americanos já possuem smartphone, de acordo com pesquisa do centro de pesquisas Pew Research. Apesar disso, cerca de 8,2 mil telefones públicos continuam a funcionar nas ruas da cidade de Nova York.

Não é a primeira vez que a prefeitura da cidade tenta espalhar pontos de acesso Wi-Fi pelas ruas. Em 2012, uma parte dos telefones públicos passou a oferecer conexão de internet. O projeto foi, então, ampliado para o novo programa, chamado LinkNYC.

ASSOCIATED PRESS

Comentários