Política

Efraim e Wilson no mesmo palanque

DEM aprova fusão com PTB

Efraim e Wilson no mesmo palanque

DE BRASÍLIA - Principal crítico do governo federal, o DEM deve formalizar nos próximos meses uma fusão com o PTB, partido que integra a base da presidente Dilma Rousseff.

O comando do DEM aprovou nesta terça (7), por 21 votos a 4, que continuem as negociações da união entre as siglas.

Apesar de o PTB ser governista, o presidente do DEM, Agripino Maia (RN), diz que não há possibilidade de a sigla deixar a oposição à gestão do PT. "Prova disso é que manteremos nossos atuais líderes da Câmara e do Senado", afirmou.

O PTB hoje comanda o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O ministro Armando Monteiro Neto ameaça deixar o PTB caso a fusão seja aprovada.

Folha de São Paulo

Comentários