Mundo

Homem mata filha e 6 netos antes de cometer suicídio

Caso aterrorizou a Flórida, nos Estados Unidos

Homem mata filha e 6 netos antes de cometer suicídio

Um norte-americano matou a própria filha e seus seis netos, com idades entre três meses e 10 anos, em um caso policial que aterrorizou a Flórida, nos Estados Unidos. Ontem (18), Don Charles Spirit, de 51 anos, assassinou sua filha de 28 anos e seus netos. Depois, ele chamou a polícia até sua casa e cometeu suicídio, disparando contra si mesmo. O crime ocorreu na cidade de Bell.

Spirit já tinha passagens pela polícia. Em 2001, ele matou seu outro filho, Kyle, que na época tinha oito anos de idade. O homem atirou na cabeça da criança, mas o caso foi considerado um incidente durante uma atividade de caça. Em seguida, Spirit foi condenado a três anos de prisão por porte ilegal de arma de fogo.

Durante seu julgamento, Spirit chegou a confessar que sofria de problemas mentais, mas que as medicações não o curavam. "Meu único remédio é minha família", disse o norte-americano na época, em entrevista à imprensa local.

ANSA

Comentários