Cultura

SMS promove debate

Tema será sexualidade e DST/Aids nas escolas

SMS promove debate

Dando continuidade as atividades alusivas ao Dia Mundial de combate a AIDS, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza nesta quinta-feira (11), o Seminário de Sensibilização sobre Sexualidade, DST/AIDS e Hepatites Virais no Ambiente Escolar: um olhar para prevenção e promoção à saúde. O evento acontece das 8h às 17h, no auditório da Associação Brasileira de Odontologia (ABO), na Rua Rui Barbosa, 38, na Torre.

Segundo a consultora de prevenção da seção DST/Aids e Hepatites Virais, Roberta Cabral, o seminário é voltado para profissionais da saúde, educação e assistência social. “O objetivo é sensibilizar sobre a política de DST/Aids e conhecer sobre os trabalhos realizados junto ao Programa Saúde na Escola”, informou.

A consultora destaca ainda a importância em discutir sexualidade e doenças sexualmente transmissíveis no ambiente escolar. “O número de casos tem aumentado entre jovens, por isso, precisamos chegar onde eles estão para levar essa informação de prevenção. Vamos capacitar os professores para discutir essa temática, independente da disciplina, para alcançar o público jovem”, ressaltou Roberta.

Durante o evento serão realizadas mesas redondas para discussão da temática e apresentação das experiências de trabalho nos Distritos Sanitários da Secretaria Municipal de Saúde.

Dialogo – Ainda de acordo com Roberta Cabral, é preciso quebrar a barreira que alguns pais ou profissionais tem em falar sobre sexualidade e doenças sexualmente transmissíveis.

“Hoje há mais abertura na discussão do tema, mas ainda encontramos resistência em algumas famílias e com alguns profissionais. Por isso também temos que preparar os pais e responsáveis, para que eles tenham consciência de que seus filhos estão recebendo essas informações nas escolas e que é preciso dar continuidade a essa conversa no ambiente familiar”, destacou.

Saúde na Escola - O programa acontece em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) e realiza ações de avaliação nutricional, triagem visual (aplicação do teste de snellen), sondagem para o teste do olhinho, cuidados e orientações em saúde bucal e atividades educativas sobre três temas que despertam muitas discussões: segurança alimentar e nutricional, promoção da cultura de paz e álcool e drogas, nas escolas públicas de João Pessoa.

PMJP

Comentários