Brasil

Adolescente é apreendido suspeito de assassinar o irmão

Motivos seriam por causa de herança

Adolescente é apreendido suspeito de assassinar o irmão

Um adolescente de 16 anos foi apreendido e um homem de 41 anos preso na tarde de ontem (11). O menor é suspeito de cometer ato infracional semelhante a assassinato e o homem, de praticar homicídios em João Pessoa. 

Segundo o delegado de Homicídios, Bruno Victor, o jovem é acusado junto de um irmão, também menor de idade, de assassinar outro irmão no bairro da Ilha do Bispo. O motivo seria uma briga por herança. A dupla teria esfaqueado e depois atirado no rapaz. 

“A herança era relativa a uma casa. A partir da confusão, eles esfaquearam o irmão na frente da casa do pai. Ele tentou correr, se esconder dentro de uma oficina mecânica, mas eles foram atrás, perseguiram a vítima e lá terminaram a execução com disparos de armas de fogo”, contou.

“São dois adolescentes infratores de alta periculosidade, envolvidos em vários delitos da região. Inclusive há mais dois homicídios que são investigados e apontam para a participação deles”, acrescentou, durante coletiva de imprensa na Central de Polícia. O adolescente apreendido foi encaminhado para o Centro Educacional do Adolescente (CEA), em Mangabeira.

Ainda na tarde de quarta-feira, outro suspeito de homicídio foi apresentado pela polícia. Trata-se de Carlos Rogério da Silva Ferreira, de 41 anos. Ele é acusado de, pelo menos, 10 crimes, entre assassinatos e tentativas de assassinato nos bairros de Valentina de Figueiredo e Mussumagro, na capital.

“A periculosidade dele é grande. Ele é tido como um dos chefes de um grupo onde a maioria é menor de idade, corrompidos para o tráfico de drogas e, consequentemente, para praticar homicídios”, explicou a delegada de homicídios Maria das Dores Coutinho.

Carlos Rogério foi preso no bairro do Colinas do Sul e ficará na carceragem da Central de Polícia enquanto as investigações estiverem em andamento.

Jornal da Paraíba

Comentários